Dr. Igor Padovesi - Especialista em Obstretrícia e Ginecologia
(11) 4305 6070
Facebook Google+ YouTube LinkedIn Dr. Igor Padovesi Instagram Dr. Igor Padovesi
Ovários Policísticos

Ovários Policísticos

É muito comum atendermos mulheres que acreditam ter "ovários policísticos", quando, na verdade, não tem. É uma confusão que leva a muitos diagnósticos errôneos e acaba gerando uma preocupação desnecessária para muitas mulheres que não tem nenhuma anormalidade.

É importante esclarecer que o simples achado de "cistos" à ultrassonografia, em um ou ambos ovários, pode representar uma condição normal e não é suficiente para firmar o diagnóstico da síndrome dos ovários policísticos. (veja mais em "Cistos de Ovário").

A Síndrome dos Ovários Policísticos tem critérios diagnósticos bem estabelecidos, sendo o mais utilizado o critério da Sociedade de Excesso de Androgênios (AES). Para o diagnóstico, é necessário que a mulher tenha sinais de anovulação crônica (manifestada como irregularidade das menstruações) e excesso de hormônios masculinos (pêlos em excesso, acne, pele muito oleosa, ou aumento da testosterona dosada no sangue). Além disso, é necessário excluir outras causas endocrinológicas para esses distúrbios.

Para as mulheres com verdadeiro diagnóstico de ovários policísticos, é fundamental uma avaliação ginecológica minuciosa, contemplando inclusive alterações relacionadas ao sobrepeso, hipertensão, diabetes e aumento do colesterol, doenças que frequentemente acompanham a síndrome. O tratamento geralmente é feito com contraceptivos e podem ser utilizadas medicações adjuvantes para melhorar o excesso de pêlos. Nas mulheres com S.O.P. que desejam conceber, são necessárias medicações para estimular a ovulação.

ESPECIALIDADES

+ Especialidades Médicas

Anticoncepcionais

Será que posso tomar?

Entre tantas opções disponíveis, preocupação com riscos da pílula (como a trombose), como escolher o anticoncepcional ideal?

Saiba mais

Cólica Menstrual

Será que é normal?

A cólica pode ser "normal", mas se atrapalha o dia-a-dia, deve ser tratada corretamente. Ou pode ser sinal de alguma doença, como a endometriose.

Saiba mais

Menstruação Irregular

Sinal de desarmonia hormonal

As menstruações regulares, com intervalos fixos, são um importante sinal de que os hormônios femininos estão atuando corretamente.

Saiba mais

DEPOIMENTOS

+ Depoimentos
estrela estrela estrela estrela estrela

Seu atendimento é exclusivo e é possível perceber nos detalhes. Disponível, educado e paciente, transmite confiança. [continuar lendo]

Dr. Igor é um excelente profissional e tem o dom de deixar suas pacientes muito a vontade desde a primeira consulta. Seu atendimento é exclusivo e é possível perceber nos detalhes. Disponível, educado e paciente, transmite confiança. Procurei ele durante a minha gestação por indicação de uma grande amiga. Nos momentos de dúvidas e preocupações, sempre foi muito solícito e ponderado, passando serenidade e tranquilidade. Escolhi ele para ser o meu médico, alguém ao qual confio a minha saúde para o resto da vida.

Rebeca Moyses

estrela estrela estrela estrela estrela

Fomos muito bem atendidos por toda a equipe. Dr. Igor foi maravilhoso, muito atencioso, demonstrou muita atenção [continuar lendo]

Fomos muito bem atendidos por toda a equipe. Dr. Igor foi maravilhoso, muito atencioso, demonstrou muita atenção, a sua maneira de tratar o paciente com carinho e passando confiança ao mostrar que as possibilidades podem ocorrer fez total diferença para que eu continue com esperanças naquilo que estou buscando. Dr. Igor continue assim, o seu conhecimento e a sua maneira de tratar faz com que o Sr. tenha excelência. Muito Obrigado!

Luciana Macedo

estrela estrela estrela estrela estrela

É um profissional extremamente dedicado , esclareceu com clareza possíveis dúvidas. [continuar lendo]

O primeiro contato foi excelente. É um profissional extremamente dedicado , esclareceu com clareza possíveis dúvidas. Além do conhecimento que detém, demonstrou muita paciência e carinho conosco. Saímos da consulta muito satisfeitas.

Silvia

Subir